Gerenciamento Econômico.com.br

Publique seus artigos sobre Gerenciamento e Economia




O perfil motivacional do Gerente de Projeto.

Autor: Allan Torres

Publicado em agosto 5th, 2008 · 5 Comentários - 15.151 visualizações

Avalie este artigo:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votes, average: 4,60 out of 5)
Loading ... Loading ...


Esse post, foi uma questão interessante levantada esses dias atrás por um amigo meu no msn sobre motivação que me vez escrever esse artigo, ele me contava que chegava no escritório e o Gerente de projetos que gerenciava a equipe que ele trabalha, vive resmungando sobre o projeto e sobre a vida, sua equipe era apática e ele não estava nem ai, motivação é a chave para o sucesso.

Os projetos todos nós sabemos que não evoluem por sozinhos, eles dependem de um fator chamado seres humanos para crescer e dar frutos, ou seja a pessoa, logo se ele depende de pessoas para evoluir significa também que ele pode variar de acordo com a instabilidade da pessoa que o esta dirigindo ou ate mesmo participando, sendo assim vamos pensar rapidamente em um cenário fictício de que um projeto seja tocado por um profissional depressivo, triste e nada nada motivado, qual será o futuro do projeto? Será que só isso já basta para decretar o fracasso do projeto?

No meu ponto de vista, sim, pois a pessoa que esta no comando do projeto deve ter certas responsabilidades e uma delas vem a ser primordial ou ate mesmo eu diria que uma das coisas mais importantes ao se gerenciar projetos é motivar sua equipe. Como gerente de projetos, vejo que a equipe muitas vezes varia de acordo com a motivação e aspectos do gerente de projetos.

Motivação

Motivação

Certa vez li em um livro a respeito de Jack Welch que dizia: “Gerenciamos processos, pessoas nós as lideramos”; isso é a mais pura verdade, liderar uma pessoa é algo que poucos conseguem fazer e muitas vezes vemos exemplos disso na história, seja desde Napoleão, Hitler ou Leónidas levando seus soldados a morte contra o exercito Persa. Mas veja bem o exemplo, levandos a morte, nossa podemos pensar que eles foram obrigados a morrer pelo Rei Leónidas, porém, na história vemos que a coisa foi diferente, eles foram liderados ate a morte por seu Rei e juntos morreram defendendo aquilo que acreditavam ser o certo.

O gerente motivador, se torna um líder, esse processo é demorado e muito, muito difícil de ser alcançado, pois poucos conseguem se tornar lideres, poucos tem a capacidade de motivar uma pessoa a creer na mesma ideia que você, a ter o mesmo ideal que você. Jack Welch nos diz também que os lideres, lideram não por medo, mas sim por respeito e exemplo.

Dentro de um projeto, é muito importante conseguir mostrar a sua equipe as metas e objetivos a serem alcançados em cada etapa, tentando assim, que seja possível a união da vontade com a necessidade, é importante deixar que cada membro da equipe se sinta na necessidade de cumprir com suas obrigações por respeito e lealdade a sua equipe ou seu gerente de projeto.

Nada melhor do que acordar pela manha sorrindo, feliz com tudo e com todos, sabendo que aquele dia será melhor que o anterior … (hahahha) Esse é o perfil que todos deveríamos ter, ser uma pessoa auto-motivada. (ue? auto-motivada?)

As pessoas que conseguem se auto motivar, eu as chamo de auto-motivadas, são pessoas que buscam forças interiores para a motivação, para energizar seu dia e de todos aqueles que estão ao seu redor, não estou falando aqui daquelas pessoas que falam pelos cotuvelos ou daqueles brincalhões, mas estou falando daquela pessoa que vai ate o final, sem perder o foco nem a motivação, visando um objetivo maior que ele próprio.

Logicamente, nem todos são sorrisos sempre, mas o auto-motivado ele consegue relevar isso e não deixar transparecer a sua equipe.

O que favorece a motivação da equipe:

A compreensão dos objetivos
É conveniente uma reunião de todos os membros da equipe para que sejam explicados os motivos da execusão do novo projeto, o esforço extra necessário, os resultados esperados e os benefícios.
O envolvimento da alta diretoria nesse momento é muito importante

A postura gerencial
Complementando o que foi dito, a equipe avalia a cada momento se a sua dedicação ao projeto. Nada passa desapercebido, sejam atitudes, omissões ou mensagens subliminares. Uma postura gerencial adequada implica em demonstrar interesse pelo desenvolvimento do trabalho, alocar as pessoas adequadas, prover recursos e procurar equacionar com racionalidade o andamento da rotina. Quando a equipe percebe que seu gerente está levando a sério o projeto.

Recompensa ou reconhecimento?
Muita cautela deve-se tomar no que diz respeito a recompensas. Um bônus apenas para o Gerente de projetos, por exemplo, seria desastroso e desnecessário. Se todos souberem que apenas o Gerente de projetos receberá um bônus, a maioria não terá motivação para cooperar. Talvez o melhor caminho seja o estabelecimento um reconhecimento da alta diretoria para aquelas que tenham um melhor desempenho, sem conotação material.

Valorização profissional
Embora não muito explorado como fator de motivação, a valorização do currículo profissional é um dos mais contundentes. Numa época em que emprego vitalício é uma situação fora de contexto, aumentar o grau de empregabilidade é um incentivo que merece destaque.

Dentro de uma equipe de trabalho temos vários tipos de perfil de pessoas, sejam, otimistas, pessimistas, céticos, tudo isso faz parte de liderar pessoas, o mais dificil é conseguir chegar aonde você quer ou melhor aonde seu projeto precisa chegar. Motive sua equipe, dê exemplo, seja você mesmo o exemplo motivado que você quer dentro de sua equipe.

Allan Torres
http://www.pmportal.com.br

Categoria: Gerenciamento de Projetos

Palavras-chave deste artigo: Tags:, , ,

5 responses so far ↓

  • 1 Diego Wander Demétrio // nov 8, 2008 at 5:01 pm

    Boa Tarde Allan,

    Gostei bastante do artigo e ele será repassado para todos os integrantes da área de consultoria de nossa empresa júnior.
    Seria possível você disponibilizar a imagem que não foi possível visualizar por e-mail ?

    Abraços,
    Diego Wander

  • 2 Claudia Garrido // nov 22, 2008 at 9:21 pm

    Olá Allan

    Sempre que leio algo sobre motivação lembro de uma amiga, formada em psicologia, que quando trabalhamos juntas ela dizia “ninguém motiva ninguém”. É claro que isto não tira o mérito da mensagem que você quis passar em seu artigo, de que o gerente de projeto influencia a sua equipe, entretanto, acho que existem outras atitudes do gerente que podemos acrescentar em seu texto, tais como ética e honestidade. De outra forma, aprender a liderar uma equipe é uma estrada, com algumas pedras também.

    Sds

    CG

  • 3 Renato Borges // nov 13, 2009 at 7:10 pm

    É um assunto bastante atual! Motivação! Sabemos que é um fator fundamental para o sucesso na realização de tarefas.
    Acho que um bom fator de motivação é saber que você pode estar no lugar do seu gerente daqui alguns anos. Por isso, deve agir sempre com dignidade e honestidade. Nunca tentando atrapalhar.
    Forte abraço!

  • 4 Leila Stephane // jun 22, 2010 at 9:28 pm

    muito bom!

    gostaria muito de recebe-lo (o artigo) completo por e-mail!!!

    agradeço desde já!!!

  • 5 Edna Nunes // set 4, 2012 at 12:19 pm

    uito bom!

    gostaria muito de recebe-lo (o artigo) completo por e-mail!!!

    agradeço desde já!!!

    Leia mais: http://www.gerenciamentoeconomico.com.br/gerenciamento_de_projetos/o-perfil-motivacional-do-gerente-de-projeto/#ixzz25VyC8O8w

Leave a Comment