O Gestor Girassol

Não é de hoje, nem de ontem, mas já de muito tempo. Não só aqui, não só em algum longínquo país, mas no mundo todo. Não apenas em uma autarquia, em uma pequena empresa privada, em uma grande empresa multinacional, mas em todo o tipo de instituição. Em todo e qualquer lugar encontramos Gestores Girassol.

Mas os que lêem este artigo estão a perguntar é: “O que é um Gestor Girassol”? A resposta é relativamente simples. Gestor Girassol é o gestor de uma instituição, normalmente de nível de gerência e diretoria, que comanda sua instituição e seus colaboradores conforme está posicionado o Sol, isto é, suas decisões e regras variam constantemente, de manhã para o leste, ao entardecer para o oeste, durante o dia mudando de direção, mas ao meio dia fica perdido, olhando para cima sem ainda saber para que lado deverá ir.

Nas empresas vemos muitos casos assim, regras são definidas, às vezes claramente repassadas, mas quando menos se espera elas mudam, isto sem falar quando nem claramente comunicadas são. Mas o pior ainda se faz quando estas novas regras começam a ser executadas e cobradas como se fossem válidas desde sempre, algo como: “você deveria ter feito assim…!”.

Em instituições onde existem perfis gerenciais, de chefia, que ditam as normas conforme muda a posição do sol, conforme muda a temperatura ou os ventos, só tem uma direção certa, a direção do “sem direção”. Os profissionais subordinados ficam sem certeza de como proceder, sem certeza quanto a decisões e ações a que devem e podem tomar, isto sem falar no desânimo, que leva a inércia de não mais questionar, que levam a este profissional a não mais colaborar como seria capaz. O que resta a estes profissionais subordinados, normalmente, é se resignar ou deixar a instituição que fazem parte.

E qual o rumo que a empresa do Gestor Girassol tomará? Ninguém sabe, ninguém sabe nem saberá, ficará sempre a dúvida se esta crescerá, se tenderá a nunca crescer ou até a se extinguir.

Portanto, sr(a) Gestor, pense, reflita se sua administração é uma Gestão Girassol, mesmo que mascarada de “processo de crescimento”, “reestruturação” ou como desejar chamar, ou até mesmo se o Sr(a) nem mesmo tem esta noção.

Lembrem, se o Gestor é Girassol, todas as ações da Empresa ou Setor gerido por este tendem também a seguir este rumo, ou melhor, falta de rumo.

Definir regras coerentes é permitir uma tranqüilidade aos colaboradores, o que colabora para uma longa vida da instituição. Estas regras devem ser elaboradas de forma a permitir o uso de bom senso em casos de exceção e permitir, assim, um melhor ambiente de trabalho para todos os colaborados.

Que este artigo auxilie os gestores a pensar, principalmente os Diretores Administrativos, de Projetos, de Processos e de Recursos Humanos. Que estes nunca esqueçam que suas decisões e que suas ações se refletem pela instituição, da mesma forma como o movimento do Sol reflete sobre o movimento do Girassol.

Autor: Tvorecki

Formado em administração de empresas, ênfase análise de sistemas, pós-graduado em administração da produção, ambas pela PUC-RS. Profissional com larga experiência em projetos em diversas empresas, de varejo comercial, distribuição e logística, área da saúde, financeira entre outras, sempre voltado a projetos da área de sistemas da informação.