Inflação 2013

São Paulo, 25 de Janeiro de 2013.

ECONOMIA & FINANÇAS

Por Prof. Thiago Flores*

Inflação 2013

 

Ata do Copom reforçou nossa expectativa de manutenção da Selic em 7,25% em 2013. Segundo o Banco Central, o IPCA variou 0,79% em dezembro ante 0,60% em novembro, acumulando alta de 5,84% em 2012, ante 5,53% nos doze meses até novembro e 6,50% em 2011, de acordo com dados divulgados pelo IBGE. O resultado do mês refletiu aceleração dos preços livres e desaceleração dos preços monitorados. Em relação aos preços livres, com elevação de 0,94% em dezembro ante 0,62% em novembro, o movimento repercutiu comportamento dos preços de bens comercializáveis, que passaram de 0,67% para 0,86%, e de bens não comercializáveis, de 0,57% para 1,00%, com serviços registrando variação de 0,98%, ante 0,82% no mês anterior. Os preços monitorados apresentaram alta de 0,33% em dezembro ante 0,54% em novembro. A variação mensal do IPCA decorreu, principalmente, do aumento dos preços dos grupos relativos a alimentação e bebidas e a despesas pessoais, com contribuições respectivas de 0,25 p.p. e 0,16 p.p. O índice de difusão situou-se em 70,68% em dezembro ante 62,72% em novembro.

Considerado período de doze meses finalizado em dezembro, os preços livres apresentaram aceleração em relação a novembro, de 6,23% para 6,56%, assim como os preços monitorados, de 3,50% para 3,65%. A evolução dos preços livres refletiu o efeito da aceleração dos preços dos produtos comercializáveis, de 4,10% para 4,47%, e dos produtos não comercializáveis, de 8,17% para 8,46%, no período analisado. Os preços do segmento de serviços aumentaram 8,75% no acumulado em doze meses até dezembro ante 8,24% e 7,99%, em períodos correspondentes até novembro e outubro, respectivamente.

O IGP-DI variou 0,66% em dezembro, após alta de 0,25% em novembro, de acordo com a FGV, repercutindo aceleração do IPA e do IPC e desaceleração do INCC. O indicador acumulou variação de 8,10% em 2012, contra 5,00% em 2011.

O IPA-DI variou 0,74% no mês ante 0,16% em novembro, acumulando alta de 9,13% em 2012, ante 4,12% em 2011. Os preços dos produtos agropecuários aceleraram de 0,48% em novembro para 1,27% em dezembro, totalizando aumento de 19,20% no ano, ante 3,15% em 2011. Os preços dos produtos industriais registraram igualmente aceleração no mês, passando de 0,04%, em novembro, para 0,53%, em dezembro, tendo acumulado alta de 5,54% em 2012, contra 4,46% no ano anterior. O desempenho mensal dos preços dos produtos agropecuários refletiu, principalmente, a variação registrada nos preços de aves, 8,10%; milho, 3,47%; e feijão, 10,18%; com contribuições para o IPA-DI de 0,17 p.p., 0,10 p.p. e 0,08 p.p., respectivamente. Entre os preços dos produtos industriais, destaque-se a influência exercida por carnes, produtos de carne e pescados, produtos químicos, e óleos e gorduras vegetais, com elevações respectivas de 2,08%, 0,65% e 1,34%, e contribuições para o índice mensal de 0,07 p.p., 0,06 p.p. e 0,05 p.p., na ordem.

O IPC-DI registrou variação de 0,66% em dezembro ante 0,45% em novembro, acumulando alta de 5,74% em 2012, ante 6,36% em 2011. A aceleração do IPC-DI em dezembro foi favorecida, em especial, pela maior elevação de preços do grupo alimentação, cuja contribuição para o índice mensal cresceu de 0,13 p.p. em novembro para 0,30 p.p. em dezembro. O INCC-DI variou 0,16% em dezembro ante 0,33% no mês anterior, resultado das desacelerações dos preços de materiais, equipamentos e serviços, de 0,25% para 0,19%, e dos custos de mão de obra, de 0,41% para 0,13%. O INCC-DI acumulou alta de 7,12% em 2012, contra 7,49% no ano anterior.

O IPP/IT variou 0,25% em novembro, após alta de 0,23% em outubro, acumulando elevações de 6,82% no ano, ante 2,78% no mesmo período do ano anterior, e de 6,64% no período de doze meses encerrado em novembro, ante 6,39% em outubro. O resultado mensal do IPP/IT foi influenciado, principalmente, pela alta nos preços dos segmentos de alimentos, de coque, derivados do petróleo e biocombustíveis, e de máquinas e equipamentos, com contribuições respectivas para o índice de 0,12 p.p., 0,07 p.p. e 0,06 p.p., contrabalançadas parcialmente pelas variações das divisões de sabões, detergentes e artigos de perfumaria, e de máquinas, aparelhos e materiais elétricos, ambas com contribuições de -0,03 p.p. A variação do índice no período de doze meses encerrado em novembro refletiu, sobretudo, a contribuição da indústria de produtos alimentícios, de 2,62 p.p.

O Índice Commodities – Brasil (IC-Br) avançou 1,47% em dezembro, após ter avançado 0,68% em novembro. O avanço de dezembro refletiu as variações respectivas de 0,73%, 7,25% e -1,13% nos subíndices agropecuárias, metálicas e energia. Em 2012, o IC-Br registrou valorização de 10,51%, com os subíndices registrando altas de 8,84%, 19,75% e 9,44%, na mesma sequência.

 

* Thiago Flores é Administrador – EAESP-FGV, Mestre em Economia de Negócios – EESP – FGV, Mestre em Finanças – IBMEC/INSPER – SP, Professor de Pós-Graduação e Consultor de empresas e CFO à FF Consult ®

www.ffconsult.com

ffconsult@ffconsult.com

twitter.com/FF_Consult

www.facebook.com/FFConsult

ffconsult.blog.com

consultoriaonline.blog.com

ffconsultoriaonline.blogspot.com

www.youtube.com/user/FFConsult2011

Skype: FF_Consult

 

 

Key-words

governança corporativa, controles internos, mercado de capitais, treinamento,  educação corporativa, consultoria online, construção civil, operações estruturadas, serviços especializados, prefeituras, estados, empresas, project finance,  mercado de capitais, ipo, m&a, tributos, operações financeiras estruturadas, gestão empresarial, análise,  planejamento estratégico, planejamento financeiro, gestão financeira, gestão de caixa, métricas avançadas de análise, projeção de fluxo de caixa, antecipação de recebíveis, contratuais, não-contratuais,  capital de giro, recuperação, reestruturação empresarial, renegociação de dívidas, otimização do custo de capital, estruturação de negócios, captação, soluções estratégicas, soluções customizadas, implementação de controles internos, ferramentas avançadas de gestão, analise de projetos, elaboração de projetos, business plan, valuation, estudos de viabilidade, terceirização, terceirização do financeiro de sua empresa, governança corporativa, controles internos, mercado de capitais, treinamento, educação corporativa, construção civil, controladoria, plano de sucessão, operações financeiras estruturadas, gestão empresarial, análise e planejamento estratégico & financeiro, gestão financeira e de caixa, métricas avançadas de análise e projeção de fluxo de caixa, antecipação de recebíveis contratuais e não-contratuais & capital de giro, recuperação & reestruturação empresarial, renegociação de dívidas com otimização do custo de capital, estruturação de negócios com captação, soluções estratégicas customizadas, implementação de controles internos & ferramentas avançadas de gestão, analise & elaboração de projetos (business plan), valuation e estudos de viabilidade, terceirização do financeiro de sua empresa; governança corporativa, controles internos e mercado de capitais, treinamento & educação corporativa, construção civil, operações estruturadas, estruturação de negócios, estruturação de projetos construtivos, serviços especializados para prefeituras, estados ou empresas, project finance, mercado de capitais, ipo e m&a, tributos – prefeituras e empresas, treinamento & educação corporativa, controladoria, plano de sucessão, recuperação e reestruturação empresarial, projetos de turnaround, recuperação judicial e extra-judicial, gestão integrada, gestão administrativo-financeira, gestão estratégica, oferta inicial de ações, co-gestão, compra & venda de empresas, captação de recursos internos e externos, estruturação de negócios, operações nacionais e internacionais, constituição, colocação e administração de fundos, debêntures, avaliação de empresas (valuation), implementação de controles internos, funding, elaboração e estruturação de projetos

Autor: Thiago Flores - FF Consult

*Thiago Flores é Administrador – EAESP-FGV, Mestre em Economia de Negócios – EESP – FGV, Mestre em Finanças – IBMEC/INSPER –SP, Consultor de empresas e CFO à FF Consult ® www.ffconsult.com ffconsult@ffconsult.com twitter.com/FF_Consult www.facebook.com/FFConsult ffconsult.blog.com www.youtube.com/user/FFConsult2011