Histórico do mercado de crédito imobiliário americano

Como o mercado imobiliário americano não sai das manchetes, vamos dar uma olhada num pequeno histórico deste tipo de operação:

  • No início da década de 60, tomar um empréstimo nos Estados Unidos para comprar uma casa era um processo rudimentar. O cliente procurava uma agência e respondia a um imenso questionário. A análise da papelada levava semanas, num trabalho em que contava muito a visão subjetiva do funcionário do banco, ou seja, passível de discriminação ou de erros do ponto de vista da análise de crédito.

  • No final da década de 60, o sistema começou a mudar, quando ganhou impulso a chamada securitização, que permite transferir operações de crédito do balanço dos bancos para o mercado de capitais. A inovação foi transformar financiamentos imobiliários, que são ativos típicos de bancos, em produtos financeiros adaptados dos mercados de capitais – títulos que podem ser negociados a qualquer momento pelos investidores, como fundos de previdência e seguradoras.

  • Na década de 1970, começaram a se difundir nos Estados Unidos os financiamentos imobiliários flexíveis. Clientes podiam contratar empréstimos com amortizações que começam dentro de alguns anos. Ou fazer dívidas com prestações que sobiam junto com as taxas básicas de juros definidas pelo Federal Reserve (Fed).

  • em 1995, foram criados novos mecanismos alavancar os financiamentos imobiliários “subprime” (de baixa qualidade). A securitização abriu aos bancos as vastas somas de recursos do mercado de capitais. Os “scoring models” reduziram entre US$ 300 e US$ 650 os custos de geração de cada empréstimo, segundo estimativa feita em 1996 pela Freddie Mac, uma securitizadora americana. Os contratos flexíveis permitiram que clientes tomassem empréstimos com juros inicialmente mais baixos, na esperança de que as contas fechassem mais adiante se o preço dos imóveis subisse.

Bibliografia: Ribeiro, Alex. Excessos castigados. Jornal Valor Econômico de 22 de agosto de 2008.

Por Alexsandro Rebello Bonatto em 26 de novembro de 2008.

alex@venturacorporate.com.br

www.venturacorporate.com.br

Autor: Alexsandro Rebello Bonatto

Sou economista, especialista em Economia e Finanças com MBA em Gestão Empresarial. Sou professor de economia de um curso de Tecnologia e sócio de uma consultoria especializada em treinamentos corportivos. Meu trabalho pode ser conferido no site: www.venturacorporate.com.br

  • gestion de empresas

    Βuen Αrtículo
    Ϻe agradó la fоrma en que escгіbe sobre el temа.

    Volveré regresаndo еsta página ρaгa seguіr aргеndіendo sobre
    el aѕunto.
    Sаludοs