Meu mercado favorito

Podemos associar o supermercado com a extensão da nossa casa, levamos dele o leite, o pão, a carne, o iogurte, queremos produtos de qualidade e sempre fresquinhos, mas a relação não pára por aí. Você elege o seu preferido e vários fatores podem influenciar a escolha e, na maioria das vezes, vão além do produto ofertado; o chão limpo, as prateleiras em ordem, os corredores amplos, móveis bem dispostos, loja ampla e bem iluminada, ambiente moderno ou caseiro, atendentes que saibam dar informações corretas ou que se prontifiquem em resolver seu problema.
Nunca gostei daquelas pontas de gôndolas abarrotadas de produto que são dispostas em forma de pirâmide, dão a impressão que tudo irá desmoronar a qualquer momento, corredores muito estreitos que não passam 2 carrinhos, splashs promocionais escritos à mão com letra manuscrita e um texto enorme, é o fim. Podemos pensar, num primeiro momento, que isto só acontece em mercadinhos de bairro, mas mesmo com grandes investimentos em comunicação, materiais de ponto de vendas, comerciais televisivos, as grandes redes continuam pecando no básico.
Estes dias entrei em um supermercado que foi uma empresa familiar e há alguns anos foi adquirido por um grupo estrangeiro, e reafirmei minhas impressões – péssimas impressões – pão murcho exposto na prateleira da padaria, prateleiras de leite com as caixas de transporte à mostra, vazias e com leite derramado, uma grande variedades de pães fatiados, integrais e grãos, misturados em 5 prateleiras longe dos preços, caixas e embalagens vazias nos corredores, atendentes nos caixas sem a menor discrição gritando alto uma para a outra solicitando moedas para troco, e o desfecho: uma frase em letra caixa escrita com grafia errada, sem separação das palavras.
Trabalhando diretamente com comunicação em supermercados, analiso profissionalmente e racionalmente as minhas impressões e a eleição do meu mercado preferido continua sendo aquele que minha mãe já comprava quando eu era criança e, mesmo sendo uma empresa familiar, felizmente cresceu de maneira organizada. Sou uma cliente satisfeita e cada vez mais convencida que mesmo com tecnologia e ações de marketing, os supermercados acabam pecando no básico, pois os cuidados que esperamos destas empresas são os mesmos que temos com nossas casas.